sicnot

Perfil

Mundo

Polícia faz apelo para pôr fim a contactos para telemóvel de traficante detido

A polícia de Alliance, no estado norte-americano de Ohio, fez um apelo público, esta terça-feira, no qual pediu à população para deixar de ligar para o telemóvel de Steve Notman, um traficante detido. Ao que tudo indica, os contactos telefónicos constantes estavam a perturbar a investigação em curso.

mashable.com

"Por favor, deixem de ligar para o telemóvel do Steve Notman", refere o apelo da polícia.

De acordo com as autoridades, Notman foi detido por vender anfetaminas. A polícia pretendia agora, através dos dados do seu telemóvel, obter mais informações. "Mas vocês não param de ligar e de enviar mensagem e isso torna-se realmente irritante", explicou o departamento responsável pela investigação.

"Em primeiro lugar, ele esta noite não tem droga", explicou a polícia no Facebook. "Depois, não precisam de ligar, nós vamos ter convosco o mais rápido possível", ameaçava a mensagem publicada na rede social.

"O melhor post que vocês alguma vez publicaram!", refere um comentário à mensagem do Departamento da Polícia de Alliance.

Outros utilizadores criticam, no entanto, a forma como as autoridades estão a lidar com o flagelo da droga: "A droga está a tirar-nos os nossos entes queridos e, apesar disso, a polícia não encara o problema com seriedade".

O site norte-americano Mashable, que avançou a notícia, tentou sem sucesso obter uma reação do Departamento da Polícia de Alliance.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho