sicnot

Perfil

Mundo

Dono de uma confeitaria no Paquistão envenenou clientes para se vingar de irmão

O dono de uma confeitaria no Paquistão admitiu ter envenenado pelo menos 30 pessoas ao juntar pesticidas aos seus doces, numa tentativa de se vingar do irmão, anunciou hoje a polícia.

Doces tradicionais do Paquistão.

Doces tradicionais do Paquistão.

© Ajay Verma / Reuters

Khalid Mehmood confessou num tribunal do centro da província de Punjab ter comntaminado doces depois de uma discussão com o irmão mais velho Tariq, igualmente gerente da loja, que o "insultou e maltratou".

"Queria dar-lhe uma lição [...] Estava tão irritado que juntei os pesticidas engarrafados aos doces que estavam a ser feitos na altura," revelou Khalid Mehmood aos agentes policiais.

Os rebuçados envenenados foram comprados por um homem da localidade, que os ofereceu à família e aos amigos em celebração do nascimento do neto.

O pai da criança, seis tios e uma tia estão entre os 30 mortos, tal como cinco crianças. Quatro pessoas continuam hospitalizadas.

As autoridades disseram aos jornalistas dos meios de comunicação locais que 52 pessoas ingeriram os doces contaminados.

Os irmãos Mehmood e um funcionário da confeitaria foram detidos.

As autoridades inicialmente suspeitaram de uma contaminação acidental, já que uma loja de pesticidas ao lado da confeitaria, estava a ser renovada e os venenos estavam guardados na loja de doces.

O Paquistão tem poucas normas de segurança alimentar e as regras de higiene raramente são cumpridas.

Os irmãos Mehmood têm de comparecer de novo no tribunal no sábado, declarou o investigador policial Mohammad Afzal.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.