sicnot

Perfil

Mundo

Responsável egípcio acusa "Tom e Jerry" pelo aumento da violência

Um responsável governamental egípcio acusa os personagens de desenhos animados "Tom" e "Jerry" de serem responsáveis pela propagação de uma "cultura de violência".

A acusação do responsável pelo Serviço de Informação do Estado, próximo da Presidência, foi feita num fórum realizado esta semana no Cairo sobre violência. Salah Abdel-Sadek disse perante académicos, figuras públicas e representantes da comunicação social que são os jogos de vídeo e os desenhos animados os responsáveis pela violência.

As crianças veem o gato Tom e o rato Jerry "a bater e a rebentar explosivos e, nas suas mentes, acham que é normal", afirmou.

O Governo egípcio tem visto aumentar a contestação e tem de reforçar as medidas de segurança contra os manifestantes. Centenas de dissidentes políticos estão presos.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19