sicnot

Perfil

Mundo

Começou em Bruxelas julgamento de alegados jihadistas

O julgamento de sete suspeitos de ligações à célula terrorista que organizou atentados em Paris e Bruxelas começou hoje na capital belga.

(Arquivo)

(Arquivo)

reuters

Os suspeitos foram detidos em janeiro de 2015, na sequência de uma operação policial, em Verviers, a 120 quilómetro a Leste de Bruxelas.

Outras nove pessoas continuam a ser procuradas pelas autoridades e serão julgadas à revelia.

A polícia acredita que Abdelhamid Abaaud, suspeito de ter planeado os ataques de 13 novembro de 2015, que mataram 130 pessoas em Paris, e que foi abatido num tiroteio dois dias depois, controlava a célula de Verviers a partir da Grécia.

A célula que organizou os atentados de Paris será a mesma que preparou os de Bruxelas, a 22 de março, e que mataram 32 pessoas em explosões no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Maalbeck - todos reivindicados pelo Daesh (acrónimo para o auto-proclamado Estado Islâmico.

O principal acusado no julgamento que hoje se inicia - e se prevê que dure três semanas - é Maruane El Bali, que terá disparado sobre a polícia, numa troca de tiros em que dois suspeitos jihadistas morreram.

Os mortos foram identificados como Sofiane Amghar e Khalid Ben Larbi, que se juntaram ao Daesh, na Síria, em abril de 2014.

A rusga em Verviers teve lugar duas semanas após um outro atentado, em Paris, contra o semanário satírico Charlie Hebdo e um supermercado de produtos judaicos e que causaram 17 mortos.

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC