sicnot

Perfil

Mundo

Filho de Bin Laden insta à unidade "jihadista" na Síria

Um dos filhos do falecido fundador da organização terrorista Al-Qaida, Osama bin Laden, instou os "jihadistas" na Síria a unirem-se, argumentando que a luta no país devastado pela guerra abrirá caminho para a "libertação da Palestina".

(Arquivo)

(Arquivo)

STR

"A nação islâmica deve concentrar-se na 'jihad' em Al-Sham (Síria) e unir as fileiras dos mujaidines lá", defendeu Hamza, de 23 anos, numa mensagem áudio divulgada na Internet.

Responsáveis dos serviços secretos norte-americanos têm afirmado que Hamza era o filho favorito do autor moral dos atentados de 11 de Setembro, que estava a treiná-lo para lhe suceder como líder da Al-Qaida.

"Já não há desculpa para aqueles que insistem na divisão e em disputas, agora que todo o mundo se mobilizou contra os muçulmanos", declarou.

A sua mensagem não datada surge depois de o líder da Al-Qaida, Ayman al-Zawahiri, ter igualmente instado os "jihadistas" na Síria a unirem-se, apesar da sua persistente rejeição do adversário grupo extremista Daesh e do seu proclamado califado.

"A questão da unidade hoje é de vida ou morte", disse Zawahiri numa mensagem áudio divulgada sábado na Internet.

"Ou se unem para viver como muçulmanos com dignidade, ou brigam e se separam e são engolidos um a um", acrescentou, de acordo com o grupo de monitorização SITE, organização que vigia a atividade "jihadista" na Internet.

A Frente Al-Nusra, afiliada síria da Al-Qaida, é adversária do Daesh, formado por dissidentes da Al-Qaida, cujo líder, Abu Bakr al-Baghdadi, proclamou em 2014 um califado islâmico em todo o território conquistado na Síria e no Iraque.

O filho de Bin Laden disse que a Síria é o "melhor campo de batalha" para conduzir à "libertação de Al-Quds", o nome arábico de Jerusalém.

"O caminho para a libertação da Palestina é hoje muito mais curto em comparação com o que era antes da abençoada revolução síria", sustentou.

Com Lusa

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.