sicnot

Perfil

Mundo

Líder da Coreia do Norte nomeado presidente do partido único no poder

O dirigente norte-coreano Kim Jong-un foi hoje nomeado presidente do Partido dos Trabalhadores da Coreia, partido único no poder.

reuters

O chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Yong-nam, cuja função é sobretudo protocolar, anunciou a decisão aos jornalistas estrangeiros convidados a assistir aos trabalhos do congresso do partido, o primeiro em 36 anos.

Kim Jong-un, de 33 anos, era até aqui primeiro secretário do partido, tendo sido nomeado durante o congresso para o cargo, criado especialmente para o líder norte-coreano.

O avô do atual líder, Kim Il-sung, foi nomeado "presidente eterno" do partido, quando o pai de Jong-un, Kim Jong-il, era secretário-geral do órgão de decisão mais importante do país.

Kim Jong-un presidiu à reunião política, que não se celebrava desde 1980, e na qual participaram quase 3.500 delegados.

No segundo dia do VII congresso, o líder proferiu um discurso de mais de três horas, no qual incluiu uma mensagem de conciliação dirigida à comunidade internacional e um plano económico de cinco anos.

O plano do líder prevê o desenvolvimento económico e o aumento da "força nuclear autodefensiva", de acordo com a agência noticiosa France Presse (AFP).

A Coreia do Norte abandonou o tratado de não-proliferação (NPT, sigla inglesa) em 2003, tendo sido o primeiro país signatário a fazê-lo.

Por altura do primeiro teste nuclear, em 2006, a Coreia do Norte garantiu que "nunca seria a primeira a usar armas nucleares", mas, desde então, tem feito repetidas ameaças de ataques nucleares preventivos contra a Coreia do Sul e os Estados Unidos.

As duas Coreias continuam tecnicamente em guerra, uma vez que o conflito de 1950-53 terminou com a assinatura de um armistício e não de um tratado de paz.

  • Nuno Espírito Santo volta a desenhar no quadro
    6:54

    Desporto

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo".

  • "A frase que mais ouço quando digo que sou blogger é: 'Mas dá para viver disso?'"

    Web Summit

    É certo e sabido que a internet e as redes sociais abriram as portas a novas realidades laborais e sobretudo a oportunidades profissionais espalhadas um pouco por todo o mundo. Portugal não foge à regra e é cada vez mais uma parte desse todo, como o demonstra a organização da WebSummit para o triénio 2016-18. Foi precisamente por lá que encontramos a Sara Riobom, uma engenheira industrial convertida à blogosfera e a fazer vida disso mesmo.

    Martim Mariano