sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos dez mortos em explosão de veículo armadilhado no Iraque

Um veículo armadilhado explodiu hoje numa zona movimentada da cidade iraquiana de Baquba matando pelo menos dez pessoas, indicaram um alto responsável militar e um médico.

© STRINGER Iraq / Reuters

"Um carro-bomba explodiu na zona Shifta do centro de Baquba, matando dez pessoas e ferindo 35. Este é um balanço inicial", disse um tenente-coronel do comando de operações regional.

Um médico do hospital de Baquba e um comandante da polícia forneceram o mesmo balanço.

Shifta é uma zona movimentada do centro de Baquba, cidade que é a capital da província de Diyala e fica a cerca de 70 quilómetros a nordeste de Bagdad.

O atentado ainda não foi reivindicado, mas todos os ataques bombistas recentemente ocorridos têm sido reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), que tomou o controlo de grandes parcelas do Iraque há quase dois anos.

A província de Diyala foi declarada "libertada" do EI em janeiro de 2015, mas o fim do seu controlo de áreas povoadas não pôs fim aos ataques.

Baquba e outras cidades da província de Diyala têm sido alvo de um elevado número de atentados bombistas perpetrados pelos 'jihadistas' do EI.

Diyala tem também sido palco de violência mortal entre diferentes ramos do Islão ao longo dos anos, e alguns dos grupos da milícia xiita atualmente ativos na zona têm sido acusados de violações.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19