sicnot

Perfil

Mundo

Manifestantes contra destituição de Dilma cortam estradas em vários estados

Manifestantes contrários à destituição da Presidente brasileira, Dilma Rousseff, estão hoje a realizar protestos e bloqueios de estradas em pelo menos sete estados e no Distrito Federal.

© Ueslei Marcelino / Reuters

Segundo o portal de Internet G1, há protestos na Baía, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraíba, São Paulo, Rio Grande do Norte e também no acesso à capital do país, Brasília.

Registaram-se cortes nas principais vias do país, com queima de pneus, com destaque para a cidade de São Paulo, onde, por volta das 08:00 (12:00 em Lisboa), havia 116 quilómetros de filas no trânsito, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Movimentos sociais ligados à Frente Brasil Popular convocaram, através das redes sociais, os manifestantes para protestarem contra "o golpe" e "em favor da democracia".

"Vai ter muita luta em defesa da democracia! O Brasil diz não ao golpe!", lê-se numa mensagem publicada no Facebook.

A Central Única de Trabalhadores (CUT) também convocou atos em todo o país "em defesa da democracia, dos direitos trabalhistas sociais e humanos".

Os protestos ocorrem um dia antes de o Senado (câmara alta do Congresso) votar o pedido de destituição da Presidente.

Se o pedido for aprovado, Dilma Rousseff será afastada do cargo para ir a julgamento por um período de até 180 dias, durante o qual o vice-presidente, Michel Temer, assumirá os destinos do país.

Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • O primeiro dia de Donald Trump na Casa Branca
    3:05
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.