sicnot

Perfil

Mundo

ONU denuncia "relatos alarmantes" sobre abusos das forças de segurança turcas

A ONU denunciou hoje violações alegadamente cometidas pelas forças de segurança no sudeste da Turquia, entre as quais relatos de uma centena de pessoas queimadas vivas, e instou o governo de Ancara a permitir uma investigação independente.

reuters

Em comunicado, o alto-comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Al Hussein, manifestou preocupação com informações de "várias fontes credíveis" sobre ações da polícia e exército turcos durante os períodos de recolher obrigatório no sudeste do país, de maioria curda.

"A imagem que resulta, apesar de ainda imprecisa, é extremamente alarmante", afirmou.

As autoridades turcas impuseram o recolher obrigatório em Cizre e várias outras cidades do sudeste entre meados de dezembro e o início de março para repelir dos centros urbanos rebeldes com ligações ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

"Condeno firmemente a violência e outros atos ilícitos cometidos por grupos de jovens e outros agentes não estatais alegadamente relacionados com o PKK [...] e lamento a perda de vidas em consequência de atos terroristas", afirmou Zeid.

No entanto, acrescentou, "é fundamental que as autoridades respeitem sempre os direitos humanos quando realizam operações de segurança ou de contraterrorismo".

"As leis internacionais que proíbem a tortura, as execuções extrajudiciais, o uso desproporcionado de força letal e as detenções arbitrárias devem ser respeitadas", sublinhou.

O alto-comissário precisa ter recebido relatos de civis desarmados, entre os quais crianças e mulheres, deliberadamente alvejados por atiradores furtivos ou por disparos de veículos militares.

Zeid evoca ainda relatos de "detenções arbitrárias, torturas e maus-tratos" e de "destruição altamente desproporcionada de propriedade e de estruturas comunitárias essenciais".

O recolher obrigatório, os combates, as mortes e as detenções no sudeste da Turquia desencadearam um "enorme deslocamento" de populações, acrescentou.

"O mais perturbador são os relatos que citam testemunhas de Cizre segundo os quais mais de 100 pessoas foram queimadas vivas quando se refugiavam em três caves diferentes que foram cercadas pelas forças de segurança", afirmou.

Zeid Ra'ad Al Hussein pediu uma investigação completa das denúncias e lamentou que o governo turco não tenha aberto qualquer inquérito e tenha negado o pedido do Alto Comissariado de acesso às zonas afetadas.

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
    Mudar de Vida

    Mudar de Vida

    5ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    No "Mudar de Vida" desta quinta-feira damos a conhecer mais um caso de quem teve coragem de arriscar e procurar um novo futuro. Susana Moraes é uma economista que decidiu seguir a paixão pela dança. 

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16