sicnot

Perfil

Mundo

Petrolíferas em Fort McMurray podem reiniciar a atividade "nos próximos dias"

As companhias petrolíferas que suspenderam a produção na cidade Fort McMurray, por causa dos incêndios florestais, no norte do Canadá, podem reiniciar as atividades "nos próximos dias", disse hoje a primeira-ministra da província de Alberta, Rachel Notley.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Dan Riedlhuber / Reuters

Para retomar a atividade devem ser tidas em conta determinadas condições, advertiu a governante, como garantir a estrada de acesso ao norte de Fort McMurray, o regresso de milhares de trabalhadores da indústria e a reabertura das habitações e os cuidados de saúde.

Lusa

  • Incêndio no Canadá pode reduzir cidade inteira a cinzas
    1:40

    Mundo

    Um incêndio em Fort McMurray, no Canadá, obrigou mais de 88 mil pessoas a abandonar as casas. Segundo as autoridades, o fogo poderá destruir a cidade inteira. As chamas estão a ser combatidas por centenas de bombeiros, com recurso a aviões e helicópteros. O perigo das chamas obrigou a ser decretado o estado de emergência.

  • Incêndio no Canadá já destruiu cerca de duas mil casas
    1:01

    Mundo

    O incêndio florestal em Fort McMurraym, no Canadá, continua fora de controlo. As chamas já destruíram cerca de duas mil casas na cidade no estado de Alberta e mais de 10 mil hectares de floresta. Todos os habitantes foram obrigados a sair das suas casas. Foi declarado o estado de Emergência em toda a província de Alberta.

  • Fogo na província de Alberta fora de controlo desde domingo
    1:53

    Mundo

    Continua sem controlo o incêndio florestal em Alberta, no Canadá. Cerca de 90 mil pessoas já abandonaram a zona e o Governo admite que tão cedo não vão poder regressar a casa. O fogo, que que deflagrou no domingo, queimou, até quinta-feira, 85 mil hectares de floresta.

  • Incêndio no Canadá leva à fuga de 88 mil pessoas
    3:07

    Mundo

    No Canadá, chamam-lhe já a "besta", ao incêndio que devastou a cidade de Fort McMurray e obrigou à fuga de 88 mil pessoas. O tamanho da área ardida é equivalente a quinze vezes a cidade de Lisboa. Entre os fugitivos, também há portugueses que já se encontram em segurança.

  • Fogos no Canadá podem levar meses a ser extintos
    2:49

    Mundo

    Os bombeiros do Canadá acreditam que a melhoria do tempo vai ajudar no combate às chamas, na província de Alberta. As autoridades estão mais otimistas em relação às operações, mas lembram que poderão ser precisos meses para que o fogo seja extinto na totalidade.

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.