sicnot

Perfil

Mundo

Antiga cidade maia "descoberta" por adolescente afinal não existe

A descoberta de uma antiga cidade maia por um adolescente canadiano através de imagens de satélite é, afinal, um engano. Segundo a análise de vários especialistas, aquilo que pareciam estruturas feitas pelo Homem poderão ser, afinal, um campo abandonado e um lago seco.

Canada Space Agency

William Gadoury, de 15 anos, desenvolveu o seu interesse pela arqueologia depois da publicação do calendário Maia anunciando o fim da civilização, em 2012. Horas e horas depois de analisar 22 constelações, Gadoury reparou que correspondiam às localizações de 117 cidades maias localizadas no México, na Guatemala, Honduras e El Salvador. Na 23ª constelação, fez corresponder duas estrelas a duas cidades conhecidas. Com a ajuda da Agência Espacial Canadiana, que disponibilizou imagens de satélite, Gadoury anunciou ter descoberto uma antiga cidade maia, na selva do Lucatão.

Vários especialistas vêm, no entanto, refutar esta teoria. De acordo com o arqueólogo Ivan Sprajc, citado pela Wired, as imagens serão muito provavelmente de um campo abandonado e de um lago seco. Anthony Aveni, especialista em arqueoastronomia, explica por outro lado que as constelações mapeadas pelos maias não correspondem às dos mapas atuais.

David Stuart, arqueólogo especialista na civilização maia, diz mesmo que a descoberta "é falsa".

"É tudo uma confusão - um exemplo terrível de má ciência a invadir a Internet. Os antigos maias não construíam as cidades de acordo com as constelações. O que foi encontrado no Google Earth é de facto feito pelo Homem, mas é um campo de milho", diz o professor de Arte Meso-americana na Universidade do Texas.

Stuart aplaude o adolescente, "inteligente e entusiasta da Arquologia e dos Maias", mas critica os especialistas que publicitara, a descoberta, classificando-os de irresponsáveis.

  • Marcelo e Costa unidos contra contagem do tempo integral de serviço
    2:45

    País

    Em menos de 24 horas, o Presidente da República e o primeiro-ministro deram publicamente sinais de que estão unidos contra a contagem de todo o tempo de serviço de professores e outros agentes do Estado para efeitos salariais. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa disseram que essa possibilidade é uma ilusão e que o país não tem condições para voltar aos níveis anteriores à crise.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.