sicnot

Perfil

Mundo

Duplo atentado em Bagdade faz pelo menos 82 mortos

Pelo menos 18 pessoas morreram hoje num atentado em Bagdad, algumas horas depois de um ataque particularmente mortífero na capital do Iraque que fez 64 mortos, afirmou uma fonte da polícia iraquiana.

© Wissm Al-Okili / Reuters

O último ataque envolveu carros armadilhados e foi perpetrado nos bairros de Kazimiyah (de maioria xiita e na zona norte de Bagdad) e de Jamea (de maioria sunita e na zona oeste de Bagdad), indicou a mesma fonte.

Pelo menos 41 pessoas ficaram feridas neste último atentado.

O ataque em Kazimiyah foi realizado por um suicida que se fez explodir num carro armadilhado e foi o mais mortífero, com 12 vítimas mortais e 23 feridos.

Em Jamea, um carro armadilhado que estava estacionado neste bairro explodiu, provocando seis mortos e 18 feridos.

Horas antes deste atentado, um ataque reivindicado pelo Daesh matou 64 pessoas num mercado do bairro xiita de Sadr City, no norte de Bagdad.

Segundo a polícia iraquiana, este ataque também fez 87 feridos e provocou danos em vários edifícios de habitação e automóveis.

O bairro de Sadr City é onde se concentram muitos dos apoiantes do clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, que nos últimos meses liderou um movimento de protesto contra o Governo de Bagdad.

O Daesh, sunita, visa frequentemente os xiitas, que constituem a maioria da população iraquiana.

Com Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.