sicnot

Perfil

Mundo

Duplo atentado em Bagdade faz pelo menos 82 mortos

Pelo menos 18 pessoas morreram hoje num atentado em Bagdad, algumas horas depois de um ataque particularmente mortífero na capital do Iraque que fez 64 mortos, afirmou uma fonte da polícia iraquiana.

© Wissm Al-Okili / Reuters

O último ataque envolveu carros armadilhados e foi perpetrado nos bairros de Kazimiyah (de maioria xiita e na zona norte de Bagdad) e de Jamea (de maioria sunita e na zona oeste de Bagdad), indicou a mesma fonte.

Pelo menos 41 pessoas ficaram feridas neste último atentado.

O ataque em Kazimiyah foi realizado por um suicida que se fez explodir num carro armadilhado e foi o mais mortífero, com 12 vítimas mortais e 23 feridos.

Em Jamea, um carro armadilhado que estava estacionado neste bairro explodiu, provocando seis mortos e 18 feridos.

Horas antes deste atentado, um ataque reivindicado pelo Daesh matou 64 pessoas num mercado do bairro xiita de Sadr City, no norte de Bagdad.

Segundo a polícia iraquiana, este ataque também fez 87 feridos e provocou danos em vários edifícios de habitação e automóveis.

O bairro de Sadr City é onde se concentram muitos dos apoiantes do clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, que nos últimos meses liderou um movimento de protesto contra o Governo de Bagdad.

O Daesh, sunita, visa frequentemente os xiitas, que constituem a maioria da população iraquiana.

Com Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.