sicnot

Perfil

Mundo

Novo presidente da câmara de Londres afirma que não é um líder muçulmano

O novo presidente da câmara de Londres, o trabalhista Sadiq Khan, afirmou hoje que "não é um líder muçulmano ou um porta-voz dos muçulmanos", mas sim o representante de todos os londrinos.

© Hannah Mckay / Reuters

Sadiq Khan, filho de imigrantes paquistaneses, foi eleito na semana passada e entrou na história ao ser o primeiro muçulmano a presidir à câmara de uma grande capital ocidental.

"Vamos ser muito claros. Não sou um líder muçulmano ou um porta-voz dos muçulmanos. Sou o presidente da câmara de Londres. Falo por todos os londrinos", disse o político do Partido Trabalhista britânico (oposição) de 45 anos, numa conferência de imprensa hoje realizada na capital britânica.

Sadiq Khan acrescentou, no entanto, que a sua eleição provou "que é possível ser muçulmano e um ocidental".

"Os valores ocidentais são compatíveis com o Islão", reforçou.

Os últimos dados do recenseamento geral mostraram que 12,4% dos londrinos são muçulmanos, 48,4% são cristãos, 1,8% são judeus e 20,7% não têm credo religioso.

O novo autarca londrino reiterou as críticas contra o provável candidato presidencial republicano Donald Trump, que propôs proibir o acesso de muçulmanos aos Estados Unidos.

O político afirmou que o multibilionário é "um desconhecedor do Islão" e que está a alinhar com os extremistas.

Ainda sobre as eleições presidenciais norte-americanas, Sadiq Khan admitiu similaridades com Hillary Clinton, a candidata mais votada para a nomeação presidencial do Partido Democrata, afirmando que "não poderia imaginar uma melhor líder" para os Estados Unidos.

Comentando o referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE), agendado para 23 de junho, o autarca trabalhista afirmou que será "crucial para Londres permanecer na UE", indicando que "meio milhão de empregos estão diretamente dependentes" da ligação ao bloco europeu.

"É o assunto mais importante para a cidade nas próximas semanas", disse Sadiq Khan, que fará campanha pela manutenção britânica na UE, incluindo com o primeiro-ministro britânico, o conservador David Cameron, "porque [o assunto] é mais importante que os partidos políticos".

Sadiq Khan, que anunciou a intenção de trabalhar com "os presidentes de câmara a nível mundial", revelou que a autarca de Paris, a socialista Anne Hidalgo, gracejou durante um encontro na terça-feira que em caso da saída britânica da UE (processo conhecido como 'Brexit') iria "estender o tapete vermelho para receber as empresas londrinas" na capital francesa.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos 8 jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • Rui Rio alerta que violações do segredo de justiça ameaçam democracia
    2:16

    País

    Rui Rio diz que não pede demissões "a cada esquina" e prefere aguardar pelas respostas do ministro Adjunto Siza Vieira, sobre o alegado conflito de interesses com os acionistas chineses da EDP. O líder do PSD esteve esta terça-feira reunido com a direção nacional da Polícia Judiciária, onde defendeu que a violação do segredo de justiça é insustentável e ameaça o regime democrático.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47