sicnot

Perfil

Mundo

Número de deslocados no mundo atinge em 2015 nível inédito de 41 milhões

Uma quantidade inédita de 41 milhões de pessoas estava deslocada no mundo, em 2015, designadamente por causa da guerra, mais de metade da qual na Síria, no Iémen e no Iraque, segundo um relatório divulgado na terça-feira.

(Arquivo)

(Arquivo)

EPA

Em 2015, houve 8,6 milhões de novos deslocados devido a conflitos armados, dos quais 4,8 milhões no Médio Oriente e África do Norte, subindo o total para 40,8 milhões, indicou o Observatório das Situações de Deslocação Interna.

"Este número é o mais elevado alguma vez registado e representa o dobro do número de refugiados no mundo", deplorou Jan Egeland, secretário-geral do Conselho Norueguês para os Refugiados, que foi um dos coautores do documento do Observatório, que está baseado em Genebra.

A tendência "acelerou depois do início das primaveras árabes, no final de 2010, e da emergência do grupo Estado Islâmico", salientou-se no texto.

Este foi o quarto ano consecutivo em que o número de deslocados superou o recorde estabelecido no ano anterior.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.