sicnot

Perfil

Mundo

Governo socialista francês alvo de moção de censura

Moção de censura apresentada pela direita e manifestações nas ruas contra a reforma laboral, os socialistas do Governo de Manuel Valls estão sob fogo.

O primeiro-ministro francês Manuel Valls no Parlamento.

O primeiro-ministro francês Manuel Valls no Parlamento.

© Charles Platiau / Reuters

O primeiro-ministro Manuel Valls quer fazer aprovar por decreto a reforma laboral, depois do impasse no Parlamento e da vaga de protestos diários em todo o país.

A oposição de direita submeteu uma moção de censura ao governo que vai ser hoje votada. Para ser aprovada, tem de ter os votos a favor de 288 deputados, o que é considerado improvável.

Para os sindicatos e as associações estudantis, a lei do trabalho em questão é considerada demasiado liberal ao favorecer mais as empresas do que os empregados.

O Governo afirma, em resposta, que é preciso flexibilizar o mercado laboral para que os empresários criem emprego.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05