sicnot

Perfil

Mundo

"House of Cards" troca tweets com primeiro-ministro francês

"A democracia é tão sobrestimada", escreveu ontem no Twitter a equipa da série norte-americana "House of Cards", endereçado ao primeiro-ministro francês. Manuel Valls não se ficou e respondeu com uma citação de Winston Churchill.

netflix

Com o propósito de levar avante uma reforma laboral controversa - que não tem apoio parlamentar nem da sociedade civil - o primeiro-ministro francês recorreu a um estratagema legal para passar por cima do Parlamento e mesmo assim adoptar a lei. Isto caso a moção de censura ao Governo apresentada pela direita não seja hoje aprovada.

"manuelvalls Democracy is so overrated" - é o slogan da série, mas hoje a frase foi diretamente dirigida ao primeiro-ministro francês.

O tweet é acompanhado de um gif (imagem animada) da personagem principal, Frank Underwood, homem sem escrúpulos disposto a tudo para alcançar o poder.

Uma hora mais tarde, Valls respondeu: "Dear Frank, Democracy is the worst form of Government, except for all others" - "Caro Frank, a democracia é o pior sistema de Governo com excepção de todos os outros", célebre citação de um discurso do antigo primeiro-ministro britânico Winston Churchill, em 1947.

E também este tweet foi acompanhado de uma imagem - a de Churchill fazendo o "V" de vitória com os dedos.

"Negação da democracia" para os seus opositores, a alínea 3) do artigo 49 da Constituição Francesa evocada por Valls é muitas vezes contestada pelos deputados franceses que estão na oposição, mas já foi utilizada mais de 80 vezes desde a adopção da Constituição da Vª República, em 1958.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55
  • Democratas não venciam no Alabama há 27 anos
    1:50
  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.