sicnot

Perfil

Mundo

Teerão acusa Riade de sabotagem pela falta de condições para a peregrinação a Meca

O ministro da Cultura do Irão alertou hoje sobre a falta de condições para os iranianos se deslocarem a Meca, acusando a Arábia Saudita de sabotagem por não ter garantido os meios para a peregrinação anual.

A relação entre Arábia Saudita e Irão chegou quase ao ponto de rutura em julho de 1987, quando 402 peregrinos, 275 dos quais iranianos, morreram em tumultos na cidade santa de Meca.

A relação entre Arábia Saudita e Irão chegou quase ao ponto de rutura em julho de 1987, quando 402 peregrinos, 275 dos quais iranianos, morreram em tumultos na cidade santa de Meca.

AP

"Os preparativos não foram feitos e agora é tarde" disse Ali Jannati à agência IRNAm acusando Riade de não se ter empenhado nos contactos sobre os meios necessários para a deslocação dos fiéis iranianos a Meca, na peregrinação de setembro (Hajj).

"A sabotagem vem dos sauditas" afirmou o ministro acusando diretamente as autoridades de Riade pela suposta falta de empenho nos habituais preparativos sobre a peregrinação dos xiitas iranianos do final do verão.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.