sicnot

Perfil

Mundo

Teerão acusa Riade de sabotagem pela falta de condições para a peregrinação a Meca

O ministro da Cultura do Irão alertou hoje sobre a falta de condições para os iranianos se deslocarem a Meca, acusando a Arábia Saudita de sabotagem por não ter garantido os meios para a peregrinação anual.

A relação entre Arábia Saudita e Irão chegou quase ao ponto de rutura em julho de 1987, quando 402 peregrinos, 275 dos quais iranianos, morreram em tumultos na cidade santa de Meca.

A relação entre Arábia Saudita e Irão chegou quase ao ponto de rutura em julho de 1987, quando 402 peregrinos, 275 dos quais iranianos, morreram em tumultos na cidade santa de Meca.

AP

"Os preparativos não foram feitos e agora é tarde" disse Ali Jannati à agência IRNAm acusando Riade de não se ter empenhado nos contactos sobre os meios necessários para a deslocação dos fiéis iranianos a Meca, na peregrinação de setembro (Hajj).

"A sabotagem vem dos sauditas" afirmou o ministro acusando diretamente as autoridades de Riade pela suposta falta de empenho nos habituais preparativos sobre a peregrinação dos xiitas iranianos do final do verão.

Lusa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo e 1/4 acredita que SIDA transmite-se pelos talheres
    1:42
  • Há mais um suspeito do massacre de Las Vegas 
    0:27

    Mundo

    Em outubro passado, Stephen Paddock abriu fogo sobre os espetadores de um concerto de música country, em Las Vegas, matando 58 pessoas e ferindo quase 500, no mais sangrento tiroteio da história norte-americana recente. A novidade é que a polícia federal dos EUA abriu uma investigação sobre um segundo suspeito no tiroteio. A Polícia Metropolitana disse que não há ainda um motivo para o tiroteio mas aponta como uma das possíveis razões o facto de Stephen Paddock ter perdido uma grande quantia de dinheiro. Os investigadores descobriram ainda que o atirador possuía pornografia infantil no seu computador.