sicnot

Perfil

Mundo

Comandante do Hezbollah morre em "grande explosão" em Damasco

Mustafa Badreddine, comandante militar do Hezbollah, cuja morte foi hoje anunciada, morreu na sequência de uma "grande explosão" perto do aeroporto de Damasco, declarou o movimento xiita libanês num novo comunicado.

© Bassam Khabieh / Reuters

"As informações recolhidas no decurso de uma investigação preliminar relevam que uma grande explosão visou uma das nossas posições perto do aeroporto internacional de Damasco, matando o comandante irmão Mustafa Badreddine e ferindo outras pessoas", indicou o movimento que combate os rebeldes na Síria, ao lado das tropas do regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad.

Um comunicado anteriormente divulgado pelo Hezbollah, dando conta da morte daquele que é considerado um dos seus principais chefes militares, indicava que Badreddine havia sido morto perto da fronteira sírio-libanesa na sequência de um ataque aéreo israelita.

Badredine, que participou na maioria das "operações de resistência islâmica desde 1982", foi considerado, pelo Tribunal Especial para o Líbano, criado em 2007 por decisão do Conselho de Segurança da ONU, um dos cinco mentores e executores do assassínio do ex-primeiro-ministro libanês Rafic Hariri, em 2005.

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.