sicnot

Perfil

Mundo

"É difícil entender a dimensão da tragédia do fogo de Fort Murray"

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, declarou hoje, depois de se vai deslocar à cidade de Fort McMurray, evacuada há 10 dias devido a um massivo incêndio florestal, que é difícil entender a dimensão da tragédia.

© Mark Blinch / Reuters

Trudeau sobrevoou, em helicóptero militar, Fort McMurray, uma cidade com mais de 70.000 habitantes situada no noroeste do país e que é o centro do setor petrolífero canadiano, durante mais de uma hora para supervisionar o prejuízo causado pelo incêndio.

A cidade, no noroeste da província de Alberta, foi totalmente evacuada em poucas horas em 03 de maio, quando um incêndio florestal iniciado poucos dias antes se aproximou com grande rapidez e de forma inesperada das suas proximidades.

A cidade permanece desabitada e as autoridades já fizeram saber que desaconselham qualquer regresso das pessoas às suas casas antes de duas semanas.

O incêndio permanece, entretanto, ativo e fora de controlo, tendo já consumido mais de 250 mil hectares de floresta, com os bombeiros a preverem que continue ativo durante várias semanas.

No final da sua deslocação a Fort McMurray, Trudeau falou aos jornalistas, perante mais de uma centena de bombeiros e membros das equipas de socorro, a quem disse: "Não creio que os canadianos já tenham entendido o que aconteceu".

Pela sua parte, admitiu que quer perceber as característica do incêndio: "Ouvi que ocorreram situações e peculiaridades com este incêndio que dão que pensar quando se tratar de planear para o futuro".

Trudeau assegurou que está "muito interessado" em saber o que foi feito para atacar o incêndio, mas também o que se pode fazer para minimizar os impactos do próximo, "porque vai haver".

Os meteorologistas assinalaram que as anormais condições climatéricas na região durante os últimos meses, com temperaturas muito superiores às normais e uma precipitação nula ou escassa durante o inverno e o início da primavera, permitiram o crescimento do incêndio para proporções descomunais.

Nos últimos dias, cientistas têm associado o incêndio às alterações climáticas, tema que é controverso em Fort McMurray, que é uma cidade criada pela exploração petrolífera das areias betuminosas.

O anterior governo canadiano, do conservador de Alberta Stephen Harper, retirou o Canadá do Protocolo de Quioto em 2011 para poder explorar sem limites as jazidas destas areias, associou o desenvolvimento destas ao bem-estar do país e minimizou o aquecimento global e os seus efeitos.

Lusa

  • Cardeal George Pell acusado de abuso sexual de menores na Austrália

    Mundo

    O cardeal George Pell, que dirige a Secretaria da Economia do Vaticano, foi hoje acusado de crimes de abuso sexual de menores na Austrália e intimado a comparecer em tribunal dentro de dias, anunciou a polícia. George Pell, o principal conselheiro financeiro do Papa Francisco e o mais alto representante da Igreja católica na Austrália, é o mais alto membro do Vaticano a ser formalmente indiciado por crimes relacionados com abuso sexual de menores.

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Violência volta às favelas do Rio de Janeiro
    3:21

    Mundo

    As favelas do Rio de Janeiro voltaram aos níveis de violência dos anos 90. A cidade de Deus foi uma das favelas pacificadas que voltou a registar tiroteios diariamente, os moradores falam de situações de trauma e do medo das crianças.

  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Cão corre os EUA a entregar águas aos árbitros em jogos de basebol
    0:20