sicnot

Perfil

Mundo

Líder da Coreia do Norte quer autossuficiência e fim das importações

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, exigiu que se erradiquem as importações do país, informaram hoje os meios de comunicação social estatais, num apelo à autossuficiência face a um previsível impacto das sanções internacionais.

Reuters

"Devemos erradicar, sem falta, a propensão para importar e estabelecer um fim definitivo" das importações, afirmou Kim, citado pela agência de notícias KCNA, num relatório sobre a sua recente visita a uma fábrica de veículos industriais e maquinaria agrícola.

O líder norte-coreano manifestou a sua aposta pela total autossuficiência do país, após observar o funcionamento "altamente eficiente" dos tratores, autocarros e camiões de fabrico local, segundo a agência.

Trata-se da primeira visita 'in loco' de Kim Jong-un desde o VII Congresso do Partido dos Trabalhadores, o primeiro realizado em 36 anos, que terminou na segunda-feira com uma mensagem de continuidade na sua política "byeongjin" de dar prioridade, simultaneamente, ao desenvolvimento económico e de armas nucleares.

A declaração de intenções de Kim Jong-un de acabar com as importações e de depender plenamente da produção interna tem lugar numa altura marcada por um forte isolamento do regime após duras sanções comerciais impostas pela comunidade internacional.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC