sicnot

Perfil

Mundo

Nuvem tóxica perto de Madrid provocada por incêndio em depósito de pneus

galeria de fotos

Um incêndio deflagrou hoje num depósito de pneus usados, a cerca de 50 quilómetros de Madrid, causando uma densa nuvem de fumo negro tóxico, disseram as autoridades espanholas.

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

O governo da região de Castela-Mancha (centro) desencadeou um plano de emergência na província de Toledo, onde fica o depósito que a imprensa afirmou ser o maior do país, entre as localidades de Valdemoro e Seseña.

O incêndio "produziu uma nuvem tóxica que poderá atingir parte da população de Seseña", de 20 mil habitantes, alertou o governo regional em comunicado, no qual é divulgado uma linha de telefone gratuita (900 122 112) para disponibilizar informações.

Os bombeiros de Madrid e de Toledo estão no local, bem como helicópteros.

"Cerca de um quinto (da área do depósito) foi afetado, com milhares de toneladas (de pneus)", disse Luis Villarroel, responsável dos bombeiros de Madrid, num vídeo divulgado na conta dos bombeiros na rede social Twitter.

O responsável recomendou aos habitantes que fechem portas e janelas, expondo-se o menos possível ao fumo.

O alerta foi dado às 01:20 (00:20 em Lisboa), disse um porta-voz dos serviços de emergência.

Este depósito surgiu na década de 1990 e nunca mais parou de crescer. Em 2003 foi declarado ilegal, mas até hoje não foi encontrada qualquer solução para remover os pneus acumulados em cerca de dez hectares, o equivalente a 14 campos de futebol.

Os ecologistas denunciam há anos os riscos de poluição deste depósito.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.