sicnot

Perfil

Mundo

Nuvem tóxica perto de Madrid provocada por incêndio em depósito de pneus

galeria de fotos

Um incêndio deflagrou hoje num depósito de pneus usados, a cerca de 50 quilómetros de Madrid, causando uma densa nuvem de fumo negro tóxico, disseram as autoridades espanholas.

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

O governo da região de Castela-Mancha (centro) desencadeou um plano de emergência na província de Toledo, onde fica o depósito que a imprensa afirmou ser o maior do país, entre as localidades de Valdemoro e Seseña.

O incêndio "produziu uma nuvem tóxica que poderá atingir parte da população de Seseña", de 20 mil habitantes, alertou o governo regional em comunicado, no qual é divulgado uma linha de telefone gratuita (900 122 112) para disponibilizar informações.

Os bombeiros de Madrid e de Toledo estão no local, bem como helicópteros.

"Cerca de um quinto (da área do depósito) foi afetado, com milhares de toneladas (de pneus)", disse Luis Villarroel, responsável dos bombeiros de Madrid, num vídeo divulgado na conta dos bombeiros na rede social Twitter.

O responsável recomendou aos habitantes que fechem portas e janelas, expondo-se o menos possível ao fumo.

O alerta foi dado às 01:20 (00:20 em Lisboa), disse um porta-voz dos serviços de emergência.

Este depósito surgiu na década de 1990 e nunca mais parou de crescer. Em 2003 foi declarado ilegal, mas até hoje não foi encontrada qualquer solução para remover os pneus acumulados em cerca de dez hectares, o equivalente a 14 campos de futebol.

Os ecologistas denunciam há anos os riscos de poluição deste depósito.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.