sicnot

Perfil

Mundo

Nuvem tóxica perto de Madrid provocada por incêndio em depósito de pneus

galeria de fotos

Um incêndio deflagrou hoje num depósito de pneus usados, a cerca de 50 quilómetros de Madrid, causando uma densa nuvem de fumo negro tóxico, disseram as autoridades espanholas.

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

ISMAEL HERRERO

O governo da região de Castela-Mancha (centro) desencadeou um plano de emergência na província de Toledo, onde fica o depósito que a imprensa afirmou ser o maior do país, entre as localidades de Valdemoro e Seseña.

O incêndio "produziu uma nuvem tóxica que poderá atingir parte da população de Seseña", de 20 mil habitantes, alertou o governo regional em comunicado, no qual é divulgado uma linha de telefone gratuita (900 122 112) para disponibilizar informações.

Os bombeiros de Madrid e de Toledo estão no local, bem como helicópteros.

"Cerca de um quinto (da área do depósito) foi afetado, com milhares de toneladas (de pneus)", disse Luis Villarroel, responsável dos bombeiros de Madrid, num vídeo divulgado na conta dos bombeiros na rede social Twitter.

O responsável recomendou aos habitantes que fechem portas e janelas, expondo-se o menos possível ao fumo.

O alerta foi dado às 01:20 (00:20 em Lisboa), disse um porta-voz dos serviços de emergência.

Este depósito surgiu na década de 1990 e nunca mais parou de crescer. Em 2003 foi declarado ilegal, mas até hoje não foi encontrada qualquer solução para remover os pneus acumulados em cerca de dez hectares, o equivalente a 14 campos de futebol.

Os ecologistas denunciam há anos os riscos de poluição deste depósito.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28