sicnot

Perfil

Mundo

Polícia italiana dispersa manifestantes com canhões de água

A polícia italiana recorreu ontem pela primeira vez na história a canhões de água para dispersar uma manifestação em Roma. Centenas de pessoas protestavam em frente ao Capitólio contra as políticas de habitação do governo de Matteo Renzi. O movimento que organizou a manifestação contesta os despejos que têm sido feitos nos últimos meses.

Os ânimos exaltaram-se quando os manifestantes começaram a aproximar-se das escadas do edificio e a polícia usou canhões de água. Alguns ainda tentaram resistir como puderam. Outros, perante a insistência em manterem-se na praça, foram agredidos pela polícia de choque. No final, as autoridades deram conta de pelo menos três manifestantes feridos.

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19