sicnot

Perfil

Mundo

Secreta alemã acusa Rússia de envolvimento em ciberataques de 2015

Os serviços internos de informações da Alemanha (BfV) disseram hoje ter indícios do envolvimento da Rússia numa série de ataques informáticos que visaram nomeadamente a câmara baixa do parlamento alemão em 2015.

© Fabrizio Bensch / Reuters

"Uma das mais ativas e agressivas campanhas atualmente é a 'Sofacy/APT 28'. O Gabinete de Proteção da Constituição [serviços internos de informações] vê nela indícios de controlo estatal russo", afirma o BfV num comunicado.

"Os ciberataques dos serviços de informações russos inserem-se em operações de dimensão internacional que visam obter informações estratégicas. Algumas dessas operações remontam a um período de sete a 11 anos", acrescentou.

A Bundestag, câmara baixa do parlamento alemão, foi visada por 'software' malicioso na primavera de 2015 que "comprometeu a sua rede de dados".

O comunicado da agência alemã cita igualmente "a campanha Sandworm", que tem por "objetivo a sabotagem informática".

"Além das instituições governamentais, os objetivos [dos ataques] são empresas de telecomunicações, fornecedores de energia, universidades e outras instituições de ensino", afirma o BfV.

"As campanhas monitorizadas pelo BfV visam geralmente obter informação, ou seja, espiar. Contudo, os serviços secretos russos também demonstraram disposição para atos de sabotagem", afirmou o diretor dos serviços de informações alemães, Hans-Georg Maassen, no comunicado.

"A segurança informática das instituições governamentais, administrativas, económicas, científicas e de investigação está permanentemente ameaçada", acrescentou.

Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.