sicnot

Perfil

Mundo

Erdogan critica silêncio da Europa sobre execução de político no Bangladesh

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, criticou hoje o silêncio da Europa sobre a execução do dirigente do principal partido islamita do Bangladesh, referindo a prática de "dois pesos e duas medidas".

© Murad Sezer / Reuters

"Se se opõem às execuções políticas porque é que ficam silenciosos perante a execução de Motiur Rahman Nizami?", questionou Erdogan num discurso em Istambul, transmitido pela televisão.

"Ouvimos o que quer que fosse da Europa?... Não. Não é isto o que designamos por dois pesos e duas medidas?", adiantou.

Nizami, líder do partido Jamaat-e-Islami, foi enforcado na terça-feira em Dacca. Tinha sido condenado por homicídio, violação e pelo planeamento do assassinato de intelectuais durante a guerra de independência do Bangladesh em 1971.

O antigo ministro, de 73 anos, é o quinto e mais alto responsável da oposição a ser executado desde a criação em 2010 pelo governo do tribunal internacional dos crimes do Bangladesh.

Em protesto, a Turquia chamou na quinta-feira o seu embaixador no Bangladesh.

Lusa

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim