sicnot

Perfil

Mundo

MNE francês refuta dúvidas de Netanyahu sobre imparcialidade da França

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, que se deslocou a Israel para apresentar a iniciativa de Paris para relançar o esforço de paz entre israelitas e palestinianos, refutou hoje as dúvidas do primeiro-ministro israelita sobre "a imparcialidade" da França.

Jean-Marc Ayrault foi primeiro-ministro entre 2012 e 2014.

Jean-Marc Ayrault foi primeiro-ministro entre 2012 e 2014.

© Charles Platiau / Reuters

"A França é desinteressada, mas está profundamente convencida que se não queremos deixar prosperar, aqui nesta região, as ideias do Daesh é preciso fazer qualquer coisa", afirmou Jean-Marc Ayrault.

O chefe da diplomacia francesa falava aos jornalistas no aeroporto antes de partir de Israel e depois de encontros com Benjamin Netanyahu e o presidente da Autoridade Palestiniana Mahmud Abbas.

À saída do encontro com Ayrault, Netanyahu levantou dúvidas sobre "a imparcialidade" da iniciativa de Paris evocando um voto recente da França na Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

"Disse (a Jean-Marc Ayrault) que a escandalosa resolução aprovada pela UNESCO com o apoio da França, que não reconhece a ligação de milhares de anos entre o povo judeu e o Monte do Templo, em Jerusalém, lança dúvidas sobre a imparcialidade do fórum que a França tenta reunir", afirmou Netanyahu.

O primeiro-ministro israelita referia-se ao projeto francês de conferência internacional de paz, que se realizará antes do final do ano, mas que conta com a oposição do governo israelita.

A UNESCO aprovou o mês passado uma resolução que não faz qualquer referência à ligação que os judeus têm com o Monte do Templo e à sua importância sagrada para o judaísmo.

O Monte do Templo, também designado de Nobre Santuário pelos muçulmanos, é um lugar sagrado para judeus, cristãos e muçulmanos.

Lusa

  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.