sicnot

Perfil

Mundo

Austrália dá preservativos aos atletas que vão ao Rio2016 para prevenir zika

A Austrália anunciou hoje que vai dar preservativos com um gel antivírus inovador aos atletas que vão representar o país nos Jogos Olímpicos deste ano, no Rio de Janeiro, para reduzir possibilidades de infeção com o zika.

reuters

A organização dos jogos colocará máquinas dispensadoras de preservativos na aldeia olímpica, mas a Austrália decidiu dar preservativos próprios aos seus atletas, que foram desenvolvidos por empresas australianas.

Os preservativos australianos possuem um lubrificante que contém um gel que, segundo os fabricantes, é "um agente antiviral" que, nas experiências em laboratório, provou ser capaz de exterminar vários vírus sexualmente transmissíveis.

As mesmas experiências demonstraram que o gel é também "uma proteção quase completa" contra o vírus zika.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS) pediram na quinta-feira às mulheres grávidas que não viajem para o Brasil devido ao Zika, uma das suas recomendações para os Jogos Olímpicos.

Num comunicado conjunto, as duas organizações consideraram que os atletas e o público da competição precisam de mais informações sobre os riscos do vírus zika e as formas de prevenir a infeção.

Os homens que vão ser pais devem praticar "sexo seguro" (uso de preservativo) ou abster-se durante a gravidez, quando regressarem aos seus países de origem vindos de zonas brasileiras afetadas pelo Zika.

A OMS e a OPAS recomendam também que não se vá para zonas empobrecidas, com falta de saneamento, que se use repelente, roupas claras que cubram a maior parte do corpo, e que se consulte um médico antes de partir para o Brasil.

  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36