sicnot

Perfil

Mundo

Austrália dá preservativos aos atletas que vão ao Rio2016 para prevenir zika

A Austrália anunciou hoje que vai dar preservativos com um gel antivírus inovador aos atletas que vão representar o país nos Jogos Olímpicos deste ano, no Rio de Janeiro, para reduzir possibilidades de infeção com o zika.

reuters

A organização dos jogos colocará máquinas dispensadoras de preservativos na aldeia olímpica, mas a Austrália decidiu dar preservativos próprios aos seus atletas, que foram desenvolvidos por empresas australianas.

Os preservativos australianos possuem um lubrificante que contém um gel que, segundo os fabricantes, é "um agente antiviral" que, nas experiências em laboratório, provou ser capaz de exterminar vários vírus sexualmente transmissíveis.

As mesmas experiências demonstraram que o gel é também "uma proteção quase completa" contra o vírus zika.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS) pediram na quinta-feira às mulheres grávidas que não viajem para o Brasil devido ao Zika, uma das suas recomendações para os Jogos Olímpicos.

Num comunicado conjunto, as duas organizações consideraram que os atletas e o público da competição precisam de mais informações sobre os riscos do vírus zika e as formas de prevenir a infeção.

Os homens que vão ser pais devem praticar "sexo seguro" (uso de preservativo) ou abster-se durante a gravidez, quando regressarem aos seus países de origem vindos de zonas brasileiras afetadas pelo Zika.

A OMS e a OPAS recomendam também que não se vá para zonas empobrecidas, com falta de saneamento, que se use repelente, roupas claras que cubram a maior parte do corpo, e que se consulte um médico antes de partir para o Brasil.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC