sicnot

Perfil

Mundo

Grupo bacteriano encontrado no oceano poderá ajudar a regular clima

Uma equipa de cientistas britânicos descobriu no oceano um grupo bacteriano que poderá desempenhar um papel importante na regulação do clima da Terra, segundo divulgou hoje a revista especializada Nature Microbiology.

© John Schults / Reuters

O estudo desenvolvido pelos especialistas descobriu que o grupo 'Pelagibacterales', que está incluído entre os organismos mais abundantes no planeta, desempenha um papel importante no processo de estabilização da atmosfera terrestre.

Este grupo, formado até meio milhão de células microbiais, está presente em gotículas de água do mar, equivalentes em tamanho a uma pequena colher.

Ben Temperton, professor do Departamento de Biociência da Universidade de Exeter (Inglaterra), foi um dos elementos da equipa de investigadores que, pela primeira vez, identificou o grupo 'Pelagibacterales' como a origem provável da produção do composto químico sulfureto de dimetilo (DMS).

O DMS estimula a formação das nuvens e é uma substância fundamental na chamada "hipótese de Claw", segundo a qual alguns organismos do fitoplâncton marinho (constituído por seres fotossintéticos de pequenas dimensões, como certas bactérias e algas microscópicas e filamentosas) contribuem para a formação do sulfureto de dimetilo, que posteriormente vai regular a formação das nuvens.

Através de vários processos químicos, o DMS aumenta as micro- gotículas de água, formadas por condensação do vapor de água, que, por sua vez, reduzem a quantidade de luz solar projetada sobre a superfície oceânica.

Estes últimos resultados científicos revelam a importância do grupo 'Pelagibacterales' neste processo e abrem o caminho para novas investigações.

"Este trabalho mostra que o grupo 'Pelagibacterales' constitui um composto importante na estabilidade climática. Se vamos melhorar os modelos de como o DMS tem impacto no clima, precisamos de considerar este organismo como um dos principais contribuintes", afirmou Ben Temperton.

O investigador britânico destacou ainda que o estudo mostrou um resultado "fascinante", ou seja, "a elegância e a simplicidade da produção de DMS no grupo 'Pelagibacterales'".

Lusa

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.