sicnot

Perfil

Mundo

Campos de exploração petrolífera no Canadá evacuados devido a incêndios

Quatro campos de exploração petrolífera no norte da cidade canadiana de Fort McMurrey foram evacuados por causa da rápida progressão do incêndio que lavra naquela região, informaram as autoridades.

reuters

Centenas de trabalhadores em campos de exploração de areias betuminosas, a norte de Fort McMurray, no noroeste do Canadá, foram retirados do local e milhares de operários estão em alerta depois de vento intenso e altas temperaturas terem, na segunda-feira, ajudado ao avanço rápido das chamas.

Na segunda-feira à noite, as autoridades da província de Alberta anunciaram que os trabalhadores de "quatro dos cinco campos localizados na Aostra Road tiveram ordem de retirada obrigatória".

Se o fogo continuar a prosseguir na mesma direção, podem chegar a ser retirados quatro a cinco mil trabalhadores.

O incêndio florestal está a menos de 20 quilómetros das instalações das companhias de produção de petróleo.

Nas últimas 24 horas, foram registados quatro novos incêndios na região, sendo agora 15 os fogos ativos na província de Alberta. Três deles estão fora de controlo, segundo as autoridades.

No terreno, a combater as chamas, estão perto de dois mil bombeiros, 161 helicópteros, 29 aviões e 377 máquinas pesadas.

O incêndio florestal em Fort McMurray já consumiu 285 mil hectares.

Naquele que é considerado já o maior desastre natural da história canadiana, a reconstrução da cidade deverá ter um custo de nove mil milhões de dólares canadianos (seis mil milhões de euros).

A província de Alberta continua sob o "risco extremo de incêndio"

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35