sicnot

Perfil

Mundo

Cogumelos mágicos para tratar a depressão

Cogumelos alucinogénios foram utilizados em doentes com depressão major com bons resultados. Os cientistas deixam no entanto o alerta para que doentes com depressão não utilizem cogumelos mágicos sozinhos, fora do controlo médico.

PETER DEJONG / AP

A substância ativa nos cogumelos - a psilocibina - poderá ser uma resposta para quem sofre de depressão, é a esperança de cientistas britânicos que conduziram uma experiência com 12 voluntários.

Esta investigação, que envolveu vários anos e muito dinheiro dadas as restrições de utilização desta droga de classe 1 no Reino Unido, descobriu que duas doses de psilocibina foram suficientes para que os 12 voluntários não se sentissem depressivos durante três semanas e os efeitos perduram até três meses em cinco dos doentes.

Dado que a experiência foi restrita e não houve um grupo de controlo a quem fosse dado um placebo, o estudo financiado pelo Medical Research Council e publicado na revista Lancet Psychiatry, é ainda considerado meramente indicativo.

Os cientistas do Imperial College London esperam, no entanto, que os resultados apresentados possam encorajar outros investidores de forma a ser feita uma experiência completa.

Os cientistas alertam para que doentes com depressão não utilizem cogumelos mágicos sozinhos, sem controlo médico.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.