sicnot

Perfil

Mundo

Guerrilha das FARC recrutou 11.556 menores entre 1975 e 2014

A Procuradoria da Colômbia revelou na segunda-feira que a guerrilha da FARC recrutou 11.556 menores de idade entre 1975 e 2014.

"Isto constitui um crime internacional, que é um crime de guerra", afirmou o procurador Jorge Perdomo, que tutelou uma investigação da Procuradoria colombiana, realizada no último ano, sobre o recrutamento de menores pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Os resultados da investigação foram tornados públicos um dia depois de o Governo da Colômbia e as FARC terem anunciado um acordo para a retirada de menores de 15 anos dos acampamentos do grupo guerrilheiro e a elaboração de um plano para a desmobilização progressiva de todos os que têm menos de 18.

"Dentro das políticas de recrutamento de menores", as FARC estabeleceram os 15 anos como a idade mínima para integrar as suas fileiras e milícias, revelou o procurador.

Jorge Perdomo afirmou que a investigação concluiu que "esta política de recrutamento ilícito" é "perfeitamente atribuível ao Secretariado e ao Estado Maior" das FARC.

Segundo a Procuradoria, em 47% dos casos, as FARC conseguiram persuadir os menores a integrarem as suas fileiras. Além disso, 23% dos menores foram enganados e em 30% dos casos houve recrutamento forçado.

Na contabilidade da investigação, 33% dos menores recrutados eram raparigas.

O Governo colombiano e a guerrilha das FARC anunciaram no domingo um acordo para a retirada de menores de 15 anos dos acampamentos do grupo guerrilheiro.

O acordo inclui ainda a elaboração de um plano para a desmobilização progressiva dos menores de 18 que integram as fileiras das FARC e um programa para a reintegração na sociedade civil de todas as crianças e adolescentes que saiam da guerrilha, segundo um comunicado conjunto.

Em fevereiro, as FARC haviam já assumido o compromisso de não voltar a recrutar menores de 18 anos.

Todos os menores que saiam da guerrilha serão considerados vítimas e os que têm menos de 14 anos nunca poderão ser considerados penalmente responsáveis, segundo o acordo.

O negociador das FARC, "Ivan Marquez", disse no domingo que há 21 menores de 15 anos nos acampamentos da guerrilha.

A reinstalação e acompanhamento dos menores contará com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da Organização Internacional das Migrações (OIM)

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.