sicnot

Perfil

Mundo

Novos atentados em Bagdade fazem pelo menos 39 mortos

Vários atentados, incluindo ataques suicidas, fizeram hoje pelo menos 39 mortos e mais de 100 feridos na capital iraquiana de Bagdade, indicaram fontes médicas e das forças de segurança locais.

© Khalid Al Mousily / Reuters

Foi a segunda vez em uma semana que Bagdade é alvo de ataques violentos atribuídos ao Daesh.

Desde a passada quarta-feira, mais de 140 pessoas, a maioria civis, morreram em ataques que atingiram locais públicos em bairros xiitas da capital iraquiana.

Entre os ataques hoje registados em Bagdade, o mais mortífero foi um atentado suicida com um veículo armadilhado perpetrado no bairro xiita de Sadr City, na zona norte da cidade.

Pelo menos 21 pessoas perderam a vida neste ataque, de acordo com fontes médicas e responsáveis locais da área da segurança.

Outro ataque atingiu o bairro de Chaab, também na zona norte de Bagdade, matando pelo menos 15 pessoas.

Um porta-voz do Ministério do Interior iraquiano, Saad Maan, indicou que este ataque tinha sido perpetrado por uma mulher suicida.

Ao reivindicar o ataque, o Daesh afirmou que o ataque tinha sido realizado por um homem, identificado como Abu Khattab al-Iraqi, que lançou granadas antes de detonar um cinto de explosivos que transportava junto ao corpo.

Os ataques suicidas perpetrados por mulheres são raros no Iraque, nomeadamente nos últimos anos. Um dos mais mortíferos ocorreu num mercado de Bagdade em 2008, quando duas iraquianas com deficiência mental fizeram-se explodir e mataram cerca de 100 pessoas.

Um terceiro ataque com um carro armadilhado matou hoje pelo menos três pessoas em Rashid, na parte sul de Bagdade.

Apesar do apoio da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos que tenta travar os avanços jihadistas no Iraque e treinar as forças iraquianas para a luta contra o grupo radical sunita, esta vaga de atentados vem revelar falhas significativas nos procedimentos de segurança da capital iraquiana.

Com Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.