sicnot

Perfil

Mundo

Oposição venezuelana pede ao exército para escolher entre constituição e Maduro

Um dos principais líderes da oposição venezuelana pediu hoje ao exército do país para escolher entre a constituição e o presidente Nicolas Maduro, depois de o Governo ter reforçado os seus poderes sobre a segurança.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Digo às forças armadas que a hora da verdade chegou. Têm que decidir se estão com a constituição ou com Maduro", disse Henrique Capriles, em conferência de imprensa.

"Esta é uma decisão para os militares", adiantou.

As declarações do principal líder da oposição surgem após, na segunda-feira, o Governo venezuelano ter oficializado o "estado de exceção e de emergência económica" em todo o país, por um período de 60 dias.

Com este decreto, o governo da Venezuela aumentou os seus poderes sobre a segurança, distribuição de alimentos e energia.

A oposição realiza na quarta-feira várias marchas para exigir um referendo que derrube Nicolas Maduro, que está no poder desde que morreu o ex-presidente Hugo Chavez.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22