sicnot

Perfil

Mundo

Polícia australiana acusa jovem de 18 anos de planear ataques terroristas

A polícia australiana acusou hoje um jovem de 18 anos de planear atentados terroristas no país, depois de o deter numa operação em Sydney.

reuters

O acusado, identificado como Tamim Khaja, será presente quarta-feira ao juiz, no centro da maior cidade australiana, de acordo com a rádio local ABC, citada pela agência espanhola Efe.

O advogado do jovem, Osman Samin, fez saber que oportunamente irá solicitar a liberdade sob fiança.

Neil Gaughan, subcomissário da polícia, explicou em conferência de imprensa que o jovem se preparava para adquirir uma arma de fogo e estabelecer objetivos em Sydney.

O mesmo oficial da polícia acrescentou que o jovem começou por tentar sair da Austrália e, quando não pode fazê-lo, começou a planear um atentado por sua conta, sem a colaboração de terceiros.

A Austrália registou nos últimos anos um aumento do número de adolescentes e jovens seduzidos por movimentos extremistas islâmicos, que se envolveram em atentados em solo australiano ou que tentaram sair do país para combater no Médio Oriente.

A subcomissária da polícia do estado de Nova Gales do Sul (no leste do país), Catherine Burn, sublinhou que foram prevenidos até à data nove atentados, incluindo este último.

Numa outra operação, os corpos de segurança do estado de Victoria (sudeste) detiveram na semana passada cinco pessoas quanto tentavam abandonar o país por via marítima para se juntarem ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na Síria.

Entre os detidos, acusados de se prepararem para entrar num país estrangeiro com a intenção de participar em atividades hostis, figura o pregador radical Musa Cerantonio.

As autoridades da Austrália calculam que há cerca de 200 cidadãos seus que apoiam ativamente o EI em solo australiano, para além de outros 110 que se deslocaram para o Médio Oriente, dos quais quase meia centena já morreu em combate.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada. Estas e outras notícias marcam a atualidade desta sexta-feira.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC