sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de pessoas exigem a liberdade para os presos políticos na Venezuela

Liberdade para os presos políticos na Venezuela foi o mote de uma concentração que hoje juntou cerca de 40 pessoas em frente à Assembleia da República, em Lisboa.

Tiago Petinga

Na iniciativa, promovida pelo eurodeputado do Partido da Terra-MPT José Inácio Faria e pelo eurodeputado do Partido Social Democrata (PSD) Carlos Coelho, estiveram presentes vários membros da comunidade venezuelana que residem em Portugal e que se agrupam em torno da Venexos, associação de apoio a emigrantes venezuelanos em Portugal.

Numa faixa empunhada por alguns manifestantes podia ler-se a frase "Medicamentos para a Venezuela", enquanto outros manifestantes exibiam pequenos cartazes a pedir a liberdade de alguns dos presos venezuelanos mais notórios como Leopoldo López e Antonio Ledezma.

"Viva a Venezuela, liberdade para os presos políticos já", "Sim, é possível", "Chega de impunidade" e "Referendo já" foram algumas das palavras de ordem que ecoaram junto do parlamento português.

No final, entre bandeiras da Venezuela, gritou-se liberdade, cumpriu-se um minuto de silêncio e entoou-se o hino do país.

Hélio Pestana, representante da Venexos na região norte de Portugal, denunciou o "terrorismo de Estado" numa curta intervenção, enquanto o eurodeputado do MPT exigiu a liberdade dos presos políticos, uma "obrigação moral" do Estado venezuelano.

"Esta concentração destina-se a apelar com a nossa voz ao mundo inteiro e pela possibilidade do povo venezuelano poder avançar com o plebiscito sobre o revogatório [processo de destituição do Presidente venezuelano Nicolás Maduro] e sobre a carência de medicamentos", disse, em declarações à Lusa, José Inácio Faria.

"Fui o único eurodeputado português que esteve nas eleições legislativas venezuelanas de 06 de dezembro e nos contactos que efetuei senti que os portugueses se sentem desamparados, abandonados", acrescentou.

Em Portugal vivem entre 20 mil a 25 mil venezuelanos, para além dos cerca de 50 mil que regressaram ao país e que possuem o estatuto de dupla nacionalidade.

Lusa

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.