sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de pessoas exigem a liberdade para os presos políticos na Venezuela

Liberdade para os presos políticos na Venezuela foi o mote de uma concentração que hoje juntou cerca de 40 pessoas em frente à Assembleia da República, em Lisboa.

Tiago Petinga

Na iniciativa, promovida pelo eurodeputado do Partido da Terra-MPT José Inácio Faria e pelo eurodeputado do Partido Social Democrata (PSD) Carlos Coelho, estiveram presentes vários membros da comunidade venezuelana que residem em Portugal e que se agrupam em torno da Venexos, associação de apoio a emigrantes venezuelanos em Portugal.

Numa faixa empunhada por alguns manifestantes podia ler-se a frase "Medicamentos para a Venezuela", enquanto outros manifestantes exibiam pequenos cartazes a pedir a liberdade de alguns dos presos venezuelanos mais notórios como Leopoldo López e Antonio Ledezma.

"Viva a Venezuela, liberdade para os presos políticos já", "Sim, é possível", "Chega de impunidade" e "Referendo já" foram algumas das palavras de ordem que ecoaram junto do parlamento português.

No final, entre bandeiras da Venezuela, gritou-se liberdade, cumpriu-se um minuto de silêncio e entoou-se o hino do país.

Hélio Pestana, representante da Venexos na região norte de Portugal, denunciou o "terrorismo de Estado" numa curta intervenção, enquanto o eurodeputado do MPT exigiu a liberdade dos presos políticos, uma "obrigação moral" do Estado venezuelano.

"Esta concentração destina-se a apelar com a nossa voz ao mundo inteiro e pela possibilidade do povo venezuelano poder avançar com o plebiscito sobre o revogatório [processo de destituição do Presidente venezuelano Nicolás Maduro] e sobre a carência de medicamentos", disse, em declarações à Lusa, José Inácio Faria.

"Fui o único eurodeputado português que esteve nas eleições legislativas venezuelanas de 06 de dezembro e nos contactos que efetuei senti que os portugueses se sentem desamparados, abandonados", acrescentou.

Em Portugal vivem entre 20 mil a 25 mil venezuelanos, para além dos cerca de 50 mil que regressaram ao país e que possuem o estatuto de dupla nacionalidade.

Lusa

  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.