sicnot

Perfil

Mundo

EUA suspendem emissão de vistos a venezuelanos

A embaixada dos Estados Unidos em Caracas anunciou hoje em comunicado, divulgado na sua página na Internet, a suspensão da emissão de novos vistos de negócios ou turismo para cidadãos venezuelanos.

© Marco Bello / Reuters

Segundo o comunicado, "os novos pedidos de vistos de negócios ou turismo deverão abster-se de pagar os serviços relacionados e de programar marcações", precisando que os pagamentos que entretanto foram efetuados "estarão em vigor durante um ano".

A embaixada norte-americana disporá também de "um número limitado de marcações para as pessoas que desejem renovar o visto norte-americano, ou que desejem solicitar pela primeira vez o visto de investidor e estudante"

"Infelizmente, devido ao número limitado de pessoal, os tempos de espera para estes vistos vão ser superiores aos conhecidos anteriormente", acrescenta-se na nota.

A embaixada dos EUA em Caracas explica ainda que o Ministério de Relações Exteriores (MRE) da Venezuela "tem-se negado, durante vários meses, a emitir vistos para o pessoal" daquela representação diplomática, "o que tem resultado na falta de pessoal" e "tem impossibilitado a visita de técnicos de manutenção, atualização e reparação dos sistemas de computação da área consular".

"Durante meses não temos contado com pessoal suficiente para a gestão da carga atual do trabalho na Venezuela e, apesar dos nossos esforços, tem-se vindo a acumular um grande atraso nos pedidos de vistos", refere-se ainda.

O comunicado conclui explicando que quando o MRE retomar a emissão de vistos para o pessoal diplomático norte-americano, serão retomados os serviços agora suspensos.

Lusa