sicnot

Perfil

Mundo

EUA suspendem emissão de vistos a venezuelanos

A embaixada dos Estados Unidos em Caracas anunciou hoje em comunicado, divulgado na sua página na Internet, a suspensão da emissão de novos vistos de negócios ou turismo para cidadãos venezuelanos.

© Marco Bello / Reuters

Segundo o comunicado, "os novos pedidos de vistos de negócios ou turismo deverão abster-se de pagar os serviços relacionados e de programar marcações", precisando que os pagamentos que entretanto foram efetuados "estarão em vigor durante um ano".

A embaixada norte-americana disporá também de "um número limitado de marcações para as pessoas que desejem renovar o visto norte-americano, ou que desejem solicitar pela primeira vez o visto de investidor e estudante"

"Infelizmente, devido ao número limitado de pessoal, os tempos de espera para estes vistos vão ser superiores aos conhecidos anteriormente", acrescenta-se na nota.

A embaixada dos EUA em Caracas explica ainda que o Ministério de Relações Exteriores (MRE) da Venezuela "tem-se negado, durante vários meses, a emitir vistos para o pessoal" daquela representação diplomática, "o que tem resultado na falta de pessoal" e "tem impossibilitado a visita de técnicos de manutenção, atualização e reparação dos sistemas de computação da área consular".

"Durante meses não temos contado com pessoal suficiente para a gestão da carga atual do trabalho na Venezuela e, apesar dos nossos esforços, tem-se vindo a acumular um grande atraso nos pedidos de vistos", refere-se ainda.

O comunicado conclui explicando que quando o MRE retomar a emissão de vistos para o pessoal diplomático norte-americano, serão retomados os serviços agora suspensos.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.