sicnot

Perfil

Mundo

Tartarugas bebés caem na armadilha das luzes artificiais

As tartarugas acabadas de nascer são naturalmente atraídas para o mar graças ao reflexo da Lua nas águas. Mas ficam desorientadas pelas luzes artificiais cada vez mais numerosas tanto na costa como no mar, o que as coloca em perigo de vida.

© STRINGER Mexico / Reuters

Os investigadores da Universidade da Austrália Ocidental acompanharam 40 pequenas tartarugas-verdes (Chelonia mydas) a quem colocaram pequenos transmissores. Concluíram que os trajetos foram significativamente alterados devido às luzes artificiais.

Com uma luz ambiente natural, as trajetórias das tartarugas são praticamente idênticas, orientadas geralmente para norte/noroeste a partir do local de onde partem. Mas com luzes artificiais, estas trajetórias são totalmente diferentes, em 80% na primeira noite dos testes e em 100% na segunda noite.

Este comportamento coloca-as em maior perigo de vida porque ficam à mercê de muitos predadores.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08