sicnot

Perfil

Mundo

Cancelada reunião de chefes de Estado da UE devido à queda do avião da Egyptair

A reunião de chefes de Governo e de Estado socialistas e progressistas da União Europeia, prevista para sexta-feira em Roma com a presença do primeiro-ministro português António Costa, foi cancelada devido à queda do avião da Egyptair.

António Costa recebido por Alexis Tsipras em Atenas em abril.

António Costa recebido por Alexis Tsipras em Atenas em abril.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

De acordo com informação avançada à agência Lusa pelo gabinete de António Costa, a reunião foi cancelada a pedido do primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, o anfitrião, e do presidente francês, François Hollande.

Um avião da Egyptair despenhou-se esta madrugada no Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo, entre os quais um português e 15 franceses, não estando excluído por enquanto nenhum cenário para o desaparecimento do aparelho, seja ato terrorista ou problema técnico.

Na reunião que se realizaria em Roma, estava também prevista a presença do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e do presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

O objetivo do encontro seria fazer uma análise sobre a atual situação da União Europeia, naquela que seria a segunda reunião neste formato, depois da iniciativa do presidente francês de juntar a 12 de março, no Palácio do Eliseu, em Paris, líderes de governos socialistas e progressistas da União Europeia.

Em Roma estavam ainda confirmadas as presenças do vice-presidente da Comissão Europeia Frans Timmermans, da alta representante da União Europeia para a Política Externa e de Segurança, Federica Mogherini, do chanceler austríaco, Christian Kern, do primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, do líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sanchez, assim como dos presidentes do Partido Socialista Europeu e da bancada socialista em Estrasburgo e vários ministros dos Negócios Estrangeiros de Estados-membros da União Europeia.

Lusa

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Casos de cancro nos pulmões diminuem
    3:08

    País

    O mapa do cancro em Portugal está a mudar, pela primeira vez os casos de cancro do cólon ultrapassaram os do pulmão. A proibição de fumar em locais públicos tem levado à diminuição dos casos de tumores pulmonares.

  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28