sicnot

Perfil

Mundo

Encontrada mais uma vítima do acidente com avioneta em Espanha

O diretor do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA) disse hoje que as três vítimas mortais que seguiam no avião ligeiro que descolou de Coimbra e se despenhou em Espanha são de nacionalidade francesa.

Em declarações à agência Lusa, Álvaro Neves explicou que a aeronave ligeira, de quatro lugares, tinha registo francês e transportava um casal e um outro passageiro.

O diretor do GPIAA acrescentou que o aparelho descolou do Aeródromo Municipal de Coimbra por volta das 13:05, com destino a DAX, em França, mas que "terá colidido em voo com um abutre" e caído cerca das 18:30 (hora portuguesa), no centro de Arbizu, na região de Navarra.

Inicialmente, as autoridades espanholas deram conta de apenas dois mortos, mas acabaram por encontrar o corpo de um terceiro ocupante.

De acordo com a Guardia Civil espanhola, citada pela agência de notícias espanhola EFE, os mortos eram os ocupantes do avião ligeiro, tendo 10 pessoas necessidade de receber tratamento hospitalar por ataques de ansiedade.

O avião caiu ao fim da tarde de quinta-feira em Arbizu, uma cidade de cerca de 1.200 habitantes, localizada a 38 quilómetros de Pamplona, na região de La Barranca.

Os corpos foram levados para o instituto de medicina legal de Pamplona.

Lusa

  • Queda de avioneta em Espanha faz dois mortos

    Mundo

    Uma avioneta que saiu de Portugal despenhou-se hoje em Espanha. No acidente morreu um homem e uma mulher de nacionalidade francesa. O acidente acorreu em Arbizu, em Navarra, no norte de Espanha. O aparelho, de matrícula francesa, caiu depois de um abutre ter embatido na avioneta em pleno voo, acabando por despenhar contra um edifício.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.