sicnot

Perfil

Mundo

Pai transmitiu nascimento do filho no Facebook... por engano

Um homem que, no início da semana, transmitiu em direto o nascimento do seu filho através do Facebook não tinha noção que estava a fazê-lo para todo o mundo.

Sarah Dome com o filho recém-nascido

Sarah Dome com o filho recém-nascido

Facebook

O Facebook Live já nos presenteou com inúmeros eventos imperdíveis: uma melancia explosiva, uma entrevista presidencial falhada ou um assassínio em massa de bicicletas . Na passada segunda-feira, deu-nos a alegria da vinda ao mundo de uma nova vida.

Só que Kali Kanongata'a da Califórnia não tinha percebido que o vídeo - atualmente com mais de 255 mil visualizações - era público.

"Julgava que estava apenas a ser mostrado à minha família e amigos!", disse à revista People. Ao aperceber-se de que todos os utilizadores da rede social estavam a ver o vídeo ainda pensou suspender a emissão, mas depois pensou: "Há tanta coisa negativa no Facebook que achei que até seria positivo".

Kanongata'a e a companheira Sarah Dome dizem que ainda se riram com os comentários das pessoas que diziam que o vídeo era "demasiado" explícito.

A questão para Kanongata'a nem é o facto de toda a gente ter visto, já que para este natural de Tonga, os nascimentos são públicos há milhares de anos. O que está em causa são as definições de privacidade do Facebook, que nunca foram muito fáceis de utilizar, embora a empresa tenha vindo a fazer melhoramentos.

Por defeito, a transmissão desta nova funcionalidade é pública, o utilizador é que tem de ir alterá-la cada vez que transmite algo.

Há por isso grandes probabilidades de os utilizadores de Facebook se virem a deparar com imagens mais ou menos "inexplicáveis".

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.