sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de tiroteio na Casa Branca detido

O tiroteio registado há instantes junto da Casa Branca em Washington, que está a causar alarme e obrigou à mobilização de um grande dispositivo policial dentro e à volta da residência do Presidente dos Estados Unidos.

Alex Brandon

Toda a zona está nesta altura sitiada.O aparato de polícia é grande. Há também informações veiculadas pela CNN de que o atirador foi entretanto imobilizado pelas autoridades e de que já está nesta altura detido.

No entanto ainda se mantém o alerta de segurança na Casa Branca. O Presidente, Barack Obama, não está nesta altura na residência.

No momento do tiroteio o presidente norte-americano encontrava-se a jogar golfe na Base aérea de Andrews.

Os agentes dos serviços responsáveis pela segurança do Presidente e família estavam armados e colocados no telhado do edifício.

O vice-presidente, Joseph Biden, que se encontrava no local, foi transferido para um local seguro.

Com Lusa

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • Coreia do Norte acusa Guterres de ser subordinado dos EUA

    Mundo

    A Coreia do Norte criticou esta quinta-feira o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, por apoiar sanções para pressionar o país a entrar em negociações com os Estados Unidos sobre a desnuclearização, referindo que tem atuado como um subordinado.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00
  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC