sicnot

Perfil

Mundo

Chefe das forças dos EUA no Médio Oriente fez breve visita à Síria

O chefe das forças norte-americanas no Médio Oriente, general Joe Votel, realizou no sábado uma breve visita à Síria para se encontrar com as autoridades locais e forças especiais dos Estados Unidos, disse à agência France Press uma fonte militar.

Robert Burns

Por seu lado, Brett MacGurk, enviado especial do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na coligação internacional contra o Daesh, escreveu na rede social Twitter que o chefe do comando das forças dos EUA no Médio Oriente (Centcom) foi, no sábado, à Síria, "para preparar a ofensiva a Raqa", o bastião do Daesh no nordeste do país.

Segundo o porta-voz do Centcom, o general Joe Votel reuniu-se com as forças especiais norte-americanas que estão na Síria e com oficiais das forças democráticas do país, coligação liderada pela milícia curda síria que combate o Daesh no país.

O Centcom não adiantou mais detalhes sobre a visita à Síria do chefe das forças norte-americanas no Médio Oriente.

Com Lusa

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06