sicnot

Perfil

Mundo

G7 compromete-se a "reforçar luta mundial contra financiamento do terrorismo"

Os ministros das Finanças do G7 comprometeram-se a "reforçar a luta mundial contra o financiamento do terrorismo" através de um plano de ação publicado hoje no final da cimeira de dois dias no Japão.

Vítima dos atentados de Bruxelas, a 15 de março.

Vítima dos atentados de Bruxelas, a 15 de março.

© Francois Lenoir / Reuters

"Uma boa cooperação internacional e a troca de informações são essenciais para combater com eficácia o financiamento do terrorismo", afirmaram os ministros das Finanças no documento citado pela AFP.

"O G7 compromete-se a trabalhar em conjunto para fortalecer a luta global contra o financiamento do terrorismo", acrescenta o comunicado.

Lusa

  • G7 promete reforçar luta mundial contra financiamento do terrorismo
    0:38

    Mundo

    O G7 promete mais empenho na luta contra o financiamento do terrorismo. A intenção foi anunciada no final do encontro dos ministros das Finanças dos países mais ricos, que decorreu no Japão. Na cimeira de dois dias, os ministros definiram um plano de ação para conter o financiamento das organizações terroristas. A estratégia passa por mais cooperação internacional e por um novo sistema de troca de informações entre os serviços secretos de vários países. Outra das prioridades é o combate à lavagem de dinheiro, tal como explicou Taro Aso, ministro do país anfitrião.

  • Souto de Moura feliz com distinção na Bienal de Arquitetura de Veneza
    1:10
  • Há mesmo um carro voador pousado no meio de Paris

    Dito assim, exageramos a importância da coisa, porque de facto estamos a falar de um protótipo que, inteiro, nunca voou. Dito assim, diminui a importância de termos ali mesmo à nossa frente um seríssimo protótipo de carro voador feito em colaboração pela Italdesign e pela Airbus a grande companhia construtora de aviões na Europa, desde o ano passado também com a colaboração da Audi. Faltava aqui um grande construtor de automóveis capaz de acrescentar o seu conhecimento.

    Lourenço Medeiros