sicnot

Perfil

Mundo

Uma pessoa morreu em manifestação marcada pela violência no Chile

Uma pessoa morreu hoje durante uma manifestação marcada pela violência que decorreu em Valparaíso, a segunda maior cidade do Chile, e onde a Presidente do país, Michelle Bachelet, fez o discurso anual ao congresso, indicaram as autoridades locais.

© Ivan Alvarado / Reuters

Segundo promotores locais, um funcionário municipal que fazia a segurança de um edifício histórico da cidade foi morto depois de um incêndio "intencionalmente" ateado pelos manifestantes no local.

As ruas de Valparaíso, a segunda cidade do Chile, têm sido palco de confrontos entre alguns manifestantes e a polícia, que teve que usar canhões de água e gás lacrimogéneo para dispersar a multidão.

A polícia indicou que ainda não identificou os responsáveis pela morte do segurança.

Numa mensagem divulgada através da rede social Twitter, o gabinete da presidente do Chile, Michelle Bachelet, condenou "a violência daqueles que não respeitam a democracia".

"Nada justifica as ações que hoje assistimos e que resultaram na morte de um trabalhador inocente", lê-se na mensagem, acrescentando que "foi morto por criminosos que se infiltram em eventos cívicos".

O discurso anual da presidente do Chile ao Congresso, que tem sede em Valparaíso, é geralmente a ocasião de vários eventos na cidade.

O discurso de Michelle Bachelet foi focado nos planos do Governo para lutar contra a desaceleração da economia, a reforma da educação e temas como a violência doméstica.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.