sicnot

Perfil

Mundo

Uber vai lançar programa piloto de condução automática nos EUA

A Uber vai lançar, nas próximas semanas, um programa piloto de condução automática nas ruas de Pittsburgh, nos Estados Unidos, mais uma experiência que o setor automóvel está a realizar para aperfeiçoar a tecnologia dos veículos autónomos.

Eric Risberg

Embora a experiência seja da Uber, empresa que tem estado a revolucionar o modelo de negócio dos táxis em vários países, grande parte do teste é responsabilidade da Ford, que em finais de abril iniciou uma parceria com a empresa para avançar com a condução automática.

O teste da Uber vai desenvolver-se nas ruas de Pittsburgh, usando um carro da marca e o Centro de Tecnologias Avançadas da Uber. O objetivo é circular pela cidade sem condutor, mas o veículo terá uma pessoa ao volante durante os testes por questões de segurança.

"No futuro, acreditamos que esta tecnologia significará menor congestionamento, um transporte mais barato e acessível e uma redução do número de vidas perdidas em acidentes de automóvel", afirma a empresa em comunicado.

O anúncio da Uber foi o mais recente de um crescente número de projetos e iniciativas que surgem com bastante frequência nos Estados Unidos em torno da tecnologia da condução automática.

Esta mesma semana, a Google patenteou um verniz para veículos de condução automática para minimizar os ferimentos em transeuntes em caso de acidente, que atuaria como um adesivo de modo a que, em caso de embate, não fosse lançado com o impacto.

A Google também impulsionou um projeto chamado Otto para aplicar a condução automática a camiões, um setor que só nos Estados Unidos representa 700.000 milhões de dólares por ano.

Também a Fiat Chrysler, a General Motors (GM) e a Volvo e a e a Lyft (rival da Uber) estão a desenvolver projetos para a condução autónoma.

Lusa

  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • André Ventura rejeita acusações de xenofobia
    1:27

    País

    O candidato do PSD à Câmara de Loures diz que tocou num tema que as pessoas queriam discutir. Entrevistado na SIC Notícias, André Ventura insiste que as declarações que fez sobre a comunidade cigana não são xenófobas ou racistas.

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.