sicnot

Perfil

Mundo

Jornalista espanhola sequestrada na Colômbia

A jornalista espanhola Salud Hernández-Mora, correspondente na Colômbia do diário El Mundo, foi sequestrada numa zona controlada pelos guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN), confirmaram hoje fontes militares citadas pelo jornal espanhol.

El Mundo

Nem o ELN nem qualquer outro grupo paramilitar na Colômbia reivindicou o sequestro de Hernández-Mora, que foi vista pela última vez no sábado, 21 de maio, na região de Catatumbo, próximo da fronteira com a Venezuela.

De acordo com o El Mundo, a jornalista estava naquela zona em reportagem. Na manhã de sábado Hernández-Mora publicou um último "tweet" nas redes sociais, dando conta de uma greve de elementos da população local por causa do desaparecimento de crianças filhas de camponeses. Na manhã do mesmo dia entrevistou a irmã Amanda Bedoya, da igreja de Nossa Senhora da Assunção, em Tarra.
"Estive com a Salud à conversa sobre diversos temas. Entrevistou-me, falamos e ao meio-dia de sábado apanhou um autocarro com destino a Cúcuta", contou a freira. Esta é a última informação sobre o paradeiro da jornalista espanhola, que também falhou um voo de Cúcuta para Bogotá, agendado para as 18:00 de sábado.

Hoje, o ministro espanhol dos Negócios Estrangeiros, José Manuel García-Margallo, afirmou que a diplomacia espanhola está a seguir com atenção a operação de busca na Colômbia, garantindo que todas as medidas estão a ser tomadas para localizar a jornalista.

O ELN costuma emitir um comunicado quando realiza algum tipo de ação deste género - como um sequestro - mas até ao momento ainda não se pronunciou.

Em comunicado divulgado hoje, o ministério da Defesa colombiano aludiu "ao possível desaparecimento" de Salud Hernández-Mora, especificando que a jornalista estaria "na zona de El Tarra [...] desde há uns 20 dias".

"A jornalista, que não pediu a proteção das Forças Públicas, foi vista pela última vez em El Tarra, no sábado 21 de maio", informa o ministério, realçando, porém, que algumas "versões" dão conta "que poderia estar na vereda Filogringo, município de El Tarra".

Os militares colombianos acrescentam que foram ativados "protocolos de busca", que incluem a polícia nacional, "para continuar as atividades que permitam estabelecer o paradeiro e a real situação da senhora Salud Hernández-Mora".

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17