sicnot

Perfil

Mundo

Obama anuncia levantamento total do embargo sobre a venda de armas ao Vietname

Os Estados Unidos levantaram o embargo sobre a venda de armas ao Vietname, segundo anunciou hoje o Presidente Barack Obama, durante uma visita a Hanói, anulando um embargo de décadas com o antigo inimigo.

Presidente dos EUA e o homólogo vietnamita, Tran Dai Quang

Presidente dos EUA e o homólogo vietnamita, Tran Dai Quang

© POOL New / Reuters


"Os Estados Unidos levantam totalmente a proibição de venda de equipamento militar para o Vietname que vigora há cerca de 50 anos", disse numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo vietnamita, Tran Dai Quang.

Barack Obama enalteceu ainda o "fortalecimento dos laços" entre os Estados Unidos e o Vietname, no arranque da sua visita ao país, numa altura em que as antigas nações inimigas partilham preocupações em relação às disputadas marítimas da China.

"Estamos aqui como símbolo do fortalecimento dos laços que conseguimos atingir nas últimas décadas", disse o Presidente norte-americano ao seu homólogo Tran Dai Quang, em Hanói.

"A toda a linha, temos visto um aumento na cooperação em benfícios de ambos os nossos povos", afirmou Barack Obama.

O líder norte-americano disse esperar que a sua visita de três dias possa servir para demonstrar aos vietnamitas a "amizade e afeto" que existe entre os dois países.

As relações entre os Estados Unidos e o Vietname sofreram uma grande transformação nos últimos anos, passando de nações inimigas marcadas por uma década de guerra, a aliados regionais.

Como símbolo dessa mudança, os dois líderes apertaram mãos antes do encontro, numa sala dominada pelo enorme busto do líder comunista revolucionário vietnamita, Ho Chi Minh.

A chegada de Obama a Hanói foi observada por muitos vietnamitas.

"Gosto de Obama, parece moderado. Esta é uma oportunidade única para ver o Presidente dos Estados Unidos no Vietname", disse Nguyen Toan Thang à AFP.

Obama vai encontrar-se com o primeiro-ministro Nguyen Xuan Phuc, e também com o secretário-geral do Partido Comunista, tido como o verdadeiro líder do país, Nguyen Phu Trong.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11