sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 41 mortos em duas explosões no Iémen

Duas explosões de bombas em Áden, segunda maior cidade do Iémen, com o objetivo de atingir o exército iemenita, mataram pelo menos 41 pessoas, a maior parte delas aspirantes a recrutas, indicou uma fonte oficial militar.

© Fawaz Salman / Reuters

Um bombista suicida matou 34 pessoas que faziam fila para se inscrever no centro de recrutamento da base militar de Badr, no bairro Khormaksar, indicou o general Nasser al-Sarei, comandante das forças especiais do exército, citado pela agência France Presse.

Uma segunda explosão aconteceu depois dentro da base militar, matando sete soldados, acrescentou o oficial.

O grupo 'jihadista' Estado Islâmico reclamou a responsabilidade dos atentados através de um comunicado publicado na internet. O EI especificou que um dos seus militantes fez detonar um cinto de explosivos entre "soldados renegados" num centro de recrutamento, e que esta ação foi seguida pelo rebentamento de uma bomba no portão da base.

Áden é a cidade onde funciona o Governo do Presidente Abedrabbo Mansour Hadi, que luta contra as forças rebeldes xiitas que controlam a capital. Áden tem sido fustigada nos últimos meses por uma série de ataques, reclamados pela Al-Qaida ou pelo grupo 'jihadista' rival, Estado Islâmico.

Lusa

  • Avião da Qatar Airways aterrou na Base das Lajes devido a emergência médica

    País

    Três passageiros de um voo da companhia aérea Qatar Airways, que teve de aterrar este domingo na Terceira, nos Açores, foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, naquela ilha. Fonte da Proteção Civil dos Açores disse que se tratou "de uma aterragem de emergência médica", depois de um passageiro se ter "sentido mal", após "alguma turbulência".

  • O último adeus a Fidel Castro
    1:59

    Fidel Castro 1926-2016

    O funeral de Fidel Castro realiza-se hoje em Santiago de Cuba, berço da revolução, numa cerimónia que encerra os nove dias de luto decretados após a morte do ex-Presidente a 25 de novembro, aos 90 anos.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.