sicnot

Perfil

Mundo

Primeira Cimeira Humanitária reúne em Istambul 50 líderes mundiais

A cidade turca de Istambul recebe hoje e terça-feira a primeira Cimeira Humanitária Mundial, uma iniciativa da ONU sobre os principais desafios mundiais e resposta às crises, com a presença confirmada do primeiro-ministro António Costa.

Primeira Cimeira Humanitária reúne em Istambul 50 líderes mundiais

Primeira Cimeira Humanitária reúne em Istambul 50 líderes mundiais

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Mais de 50 líderes mundiais dos quatro continentes e 5.000 intervenientes estão presentes na Cimeira Humanitária Mundial (WHS, a sigla em inglês), designadamente a chanceler alemã Angela Merkel, que deverá manter um primeiro contacto com o novo primeiro-ministro turco Binali Yildirim.

O principal programa da cimeira inclui sete mesas-redondas temáticas, com a previsível participação de responsáveis mundiais, baseadas num relatório do secretário-geral da ONU sobre o atual "estado do mundo", enquanto numa sessão plenária vão ser apresentadas as linhas de ação e os compromissos concretos comuns com o objetivo de garantir a Agenda para a Humanidade 2030, e outros objetivos delineados.

Assim, as mesas-redondas de alto nível entre os dirigentes políticos presentes na WHS -- onde também participam representantes da sociedade civil e do setor empresarial -- vão abordar temas tão diversos como a prevenção e fim de conflitos, respeito pelas leis da guerra, nova abordagem às crises de refugiados e deslocados, ações catalisadoras para garantir a igualdade de género, a resposta aos desastres naturais e alterações climáticas, as formas de "mudar a vida das pessoas" e os meios de promover um "investimento humanitário" sustentado e previsível.

Nesta primeira Cimeira humanitária está previsto o lançamento do "Grande Pacto", uma proposta das Nações Unidas sobre ajuda humanitária e incluída no relatório de janeiro entregue ao secretário-geral, Ban Ki-moon: "Demasiado importante para falhar: abordar as necessidades do financiamento da ajuda humanitária".

A União Europeia (UE) já anunciou que vai apelar no decurso da cimeira à criação de uma parceria global destinada a melhorar a eficácia do sistema de ajuda humanitária.

O programa deste primeiro conclave humanitário mundial prevê ainda a realização de 15 sessões especiais que abrangem desde os desafios da educação à proteção de jornalistas, e com o objetivo de desencadear iniciativas estratégicas.

Entre os contactos bilaterais à margem do conclave, está ainda confirmado para hoje um encontro entre o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25