sicnot

Perfil

Mundo

Alpinista indiano morre enquanto descia o Evereste

Um alpinista indiano de 43 anos morreu enquanto descia o Monte Evereste. Outras duas pessoas continuam desaparecidas. As autoridades culpam os alpinistas de preparação inadequada e inexperiência.

© Navesh Chitrakar / Reuters

Subash Paul atingiu os 8.850 metros no sábado (21 de Maio). Morreu no dia seguinte devido à exaustão, segundo anunciou o representante de uma empresa local, Wangchu Sherpa, esta segunda-feira (23 de maio).

Os últimos relatos davam conta de mau tempo e ventos fortes na região, a dificultar o trabalho de escalada dos alpinistas mais aventureiros.

Nava Kumar Phukon, funcionário do departamento de desporto do Governo nepalês, já confirmou que quatro alpinistas indianos tinham realizado uma incursão de escalada, um dos quais Subash Paul. Segundo o mesmo, duas pessoas continuam desaparecidas.

As mortes no Evereste voltam a levantar o debate sobre as normas de segurança e os preparativos daqueles que se aventuram nas montanhas do Nepal. As autoridades culpam os alpinistas de preparação inadequada e inexperiência.

Só no ano passado morreram pelo menos 18 pessoas que subiam ou desciam o Evereste.

  • Desespero e euforia marcaram o 8.º dia de Mundial
    0:50
  • Comprava uma bola de futebol com 9 mil cristais Swarovski?
    2:51
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22