sicnot

Perfil

Mundo

Operação para retirar retirar refugiados de Idomeni, na Grécia, arrancou hoje

Operação para retirar retirar refugiados de Idomeni, na Grécia, arrancou hoje

As autoridades gregas começaram a operação de evacuação do campo de refugiados de Indomeni, o maior na fronteira com a Macedónia. O espaço tem servido de abrigo para mais de 8 mil pessoas, incluindo centenas de crianças, sobretudo da Síria, Afeganistão e Iraque.

A operação deverá durar 10 dias e as autoridades esperam que decorra sem problemas. Os primeiros duzentos refugiados foram para um outro campo no norte da Grécia. No total, mais de 400 pessoas já terão deixado Idonemi.

O governo grego garante que os deslocados vão para campos com melhores condições. Pla Grécia já passaram perto de um milhão de refugiados, vindos sobretudo da Turquia.

  • Encontrada criança britânica desaparecida na praia da Luz

    País

    Foi encontrada a criança britânica que estava desaparecida desde o início da tarde, avançaram as autoridades. A Polícia Marítima tinha sido informada do desaparecimento de um rapaz de 8 anos, de nacionalidade inglesa, tendo efetuado diligências nas proximidades da praia algarvia.

  • Marcelo pede "serenidade e cabeça fria" no debate político
    1:29
  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Al Gore e Garry Kasparov vão estar na Web Summit

    Web Summit

    Al Gore, antigo vice-Presidente dos Estados Unidos da América, Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, e Steve Huffman, o dirigente e cofundador da rede social Reddit são os novos nomes anunciados para a 2.ª Web Summit em Lisboa.

  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.

  • Liberdade de movimento entre UE e Reino Unido termina em março de 2019

    Brexit

    A liberdade dos cidadãos europeus para viver e trabalhar no Reino Unido vai terminar, em março de 2019. O Governo britânico pediu esta quarta-feira um estudo de um ano sobre a migração europeia no país, de modo a ajudar no sistema de imigração que será implementado. A avaliação vai estar concluída em setembro, de 2018, seis meses antes da conclusão do Brexit.